Shirley Temple

Texto por Julliana Bauer / Ilustração por Sarah Bauer

shirley

Nunca tive modos. Jamais consegui cruzar as pernas embaixo de uma mesa sem bater com o joelho no tampo e derramar metade do conteúdo dos copos ali repousados e também nunca consegui usar o mesmo par de meias fio 15 mais de uma vez, porque minhas unhas sempre estão lascando e puxam um fio já na primeira usada. Lembro que minha avó contava que quando ela era criança e estudava em escola de freiras, a orientação que era dada para as alunas era que se comportassem como a Shirley Temple. Minha avó tem modos até hoje, e dou os créditos disso pra Shirley. Tento lembrar de qual era o modelo infantil que minhas professoras tentavam me empurrar na primeira série, já que eu também estudava em escola de freiras lá pelos seis anos. Não consigo me lembrar de nenhum. Talvez eu também pudesse ter sido salva por Shirley Temple.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s