Franja de 2011

Texto por Julliana Bauer / Ilustração por Sarah Bauer

mulher_3

Dentre as tantas tarefas da estagiária que trabalha ao meu lado, a mais desafiadora é impedir que eu corte minha franja. Pelo menos até maio, que é quando o tempo esfria de vez e eu não corro mais o risco de andar por aí com fios de cabelo grudados medonhamente na testa. Em meados de 2011, eu tive a franja que idealizei a vida inteira e consegui mantê-la por cerca de dois meses, ficando muito apegada a ela. Mas aí a franja desandou, meu cabelo cresceu, eu o cortei novamente e nunca mais consegui reproduzir a franja ideal daqueles dois meses de 2011.

Franjas fazem maravilhas pela fotogenia. E só. Manter um fiapo curto no meio da cara é extremamente trabalhoso e o mais provável é que, dos sete dias da semana, você só consiga usá-la solta, escovada e bonita em cerca de dois deles. Busco incentivo e conforto também na teoria de Robin Scherbatsky: Qualquer mulher que corte uma franja reta demais, assim, do nada, está passando por uma mudança radical na vida sobre a qual ninguém tem paciência de ouvir a respeito.

Para fuzilar a nostalgia da franja de 2011 e me inspirar a não cortá-la novamente, estou procurando fotos de meus ícones de franjas perfeitas vivenciando bad hair days – Mariane Faithfull, por exemplo, sofria com um volume indesejável vez ou outra nos anos 60. Jane Birkin foi fotografada com os fios ensebadinhos colados na testa. Betty Autier, aquela blogueirinha francesa, não tem bad hair days e sempre exibe uma franja perfeita.

Em tempo – a estagiária não usa franja e faz uma expressão facial que mistura reprovação e nojinho cada vez que sugiro cortar a minha.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s