Thieny é uma vaca

Texto por Julliana Bauer / Ilustração por Sarah Bauer

 

thieny_digital

 

Já tem umas três semanas que eu recebo diariamente ligações do HSBC em meu horário de almoço. O inconveniente é que eu nunca tive uma conta no HSBC e a ligação é sempre um engano. Procuram por uma tal de Thieny. Na verdade eu nem sei como se escreve esse nome, mas em minha cabeça é assim, com Th no começo e Y no final. Thieny.

Recebo várias outras ligações por engano todas as semanas, mas essa é particularmente irritante – é justo no meu horário de almoço. Não sei se a Thieny está devendo dinheiro pro HSBC ou se eles só querem oferecer algum novo seguro pra ela, mas nenhum cidadão, nem mesmo aquele cujo nome começa com Th e termina com Y, merece ser incomodado em seu horário de almoço. Quer dizer, a Thieny não se incomoda, né. Quem atende o maldito telefone sou eu.

A ligação diária já virou piada no escritório. Todos param o que estão fazendo pra me ouvir dizendo que não, aqui não tem nenhuma Thieny, nunca teve, o número certamente está errado, pelamordedeus, tirem-no na lista. Mas eles não tiram. Em uma sexta-feira, apelei: “A Thieny morreu, moça”. Depois de cinco segundos de silêncio no outro lado da linha, seguidos de uma série de perguntas burocráticas gaguejadas, eu disse que na verdade a Thieny não tinha morrido, que eu sequer a conhecia, mas que por favor parassem de me ligar no meu horário de almoço. É quando eu tiro uma soneca de 15 minutos na cadeira, é quando eu leio um livro bobo, é quando eu checo meu Instagram. É um horário sagrado, sabe.

Já ensaiei várias respostas engraçadinhas que desmoralizariam a Thieny nas próximas ligações do HSBC. “A Thieny se desligou da empresa por problemas com drogas”. “A Thieny largou a carreira para se dedicar ao Femen”. Nunca as uso, mas elaborá-las me propicia alguns momentos de diversão.

Imagino a Thieny usando o empréstimo que pegou com o HSBC para tomar mojitos em algum desses destinos turísticos cafonas, tipo Miami, e rindo da minha cara enquanto usa um maiô dourado em uma espreguiçadeira branca. Enquanto ela sai por aí passando telefones errados para cobrança e fugindo para a Flórida, eu tenho que interromper minha meia hora de futilidade para bancar sua secretária por alguns segundos. Thieny, você é uma vaca.

Anúncios

3 opiniões sobre “Thieny é uma vaca

  1. Em um primeiro momento deste leve desabafo fiquei preocupada, pois afinal, assim como eu, as mulheres designadas por tal nomenclatura possuem uma certa peculiaridade, são poucas, considerando tantos outros nomes, mas por fim, desconheço qualquer vinculação em meu nome e sobrenome com contas/ empréstimos/ tramoias comerciais… digo também, não sou a Thieny que procuram, lamento não poder ajudar! Mas fiquei um pouco preocupada quando ao lado do meu nome apareceu “vaca”. hehe.
    Um grande abraço!
    E um conselho: -dê um jeito nisso! comunique autoridades, fale com o Governador, com o Juiz, enfim, distanciando-se de brincadeiras, gostaria de que o que está acontecendo com você, Pare! e logo. Não é nada fácil aguentar essas ligações!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s