Majirel 7.4

A melhor parte de aprender um novo idioma é que, inevitavelmente, assumimos uma nova personalidade quando o colocamos em prática. A parte ruim é que nem sempre essa personalidade é interessante. Esse negócio de falar uma nova língua compromete muito a espontaneidade. No desgaste de ter que traduzir rapidamente cada frase a um idioma diferente, me flagro evitando assuntos que eu ainda não domine na nova língua e opto por um possivelmente mais leve, algo que eu consiga traduzir instantaneamente pra três línguas sem precisar sacar o celular da bolsa pra consultar o tradutor do google. Então, sempre que um italiano me pergunta sobre o cenário político brasileiro, de alguma forma acabo falando sobre tintura capilar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s